Policial

03/02/2024 08:53

Executor de homicídio de advogado em Arenápolis é condenado a 15 anos de reclusão

O crime ocorreu em maio do ano passado

O autor do assassinato de um advogado em Arenápolis, em maio do ano passado, foi condenado nesta sexta-feira (02.02), em sessão do tribunal do júri na comarca do município, a 15 anos de reclusão pelo homicídio triplamente qualificado.

O inquérito conduzido pela Delegacia da Polícia Civil de Arenápolis apurou indícios que a vítima, Hur-Carlos Santos França, de 38 anos, foi morta com disparos de arma de fogo pelo réu, que estava em uma motocicleta. A vítima chegou a ser socorrida a uma unidade de saúde, mas não resistiu.

Em maio do ano passado, o autor foi preso temporariamente após se apresentar na delegacia do município e, posteriormente, teve prisão convertida em preventiva pelo poder Judiciário e permaneceu sob custódia durante as investigações.


Além do homicídio que chocou a cidade de Arenápolis, o autor do crime foi indiciado por porte ilegal de arma de fogo.
Durante o inquérito, a Polícia Civil apreendeu elementos que contribuíram para chegar à autoria do crime, como roupas, um capacete utilizados na ação, além de um aparelho celular danificado. O réu, ao ser interrogado na época, optou por permanecer em silêncio.
O delegado responsável pelas investigações, Hugo Abdon, ressaltou a consistência dos elementos probatórios que embasaram a condenação do réu.


Plantão

(11) 93714-6368